Seduc e população analisam estratégias para PME durante audiência - Notícias - Câmara Municipal de São Sebastião do Passé

Notícias

Seduc e população analisam estratégias para PME durante audiência

Seduc e população analisam estratégias para PME durante audiência

11 maio 2015




Com a finalidade de garantir a gestão democrática do ensino público, assegurando a participação dos diferentes segmentos da sociedade, a prefeitura de São Sebastião do Passé e a Secretaria de educação e cultura (Seduc) realizaram, nesta quinta-feira (07), uma audiência pública para analisar e definir as propostas do Plano Municipal de Educação (PME), no Centro Comunitário Padre Luís Ferreira de Brito.

Durante a formação da mesa, o prefeito, Janser Mesquita, falou que o encontro é um mecanismo de democracia e ressaltou a importância da participação da comunidade.  “Tenho certeza que daqui sairão excelentes ideias, afinal, temos uma equipe muito competente. Quanto mais tivermos a opinião da população, mais rico será a construção deste documento. Futuramente, veremos com riqueza os saldos da aplicação dele”, diz Mesquita reforçando que os estudantes de hoje serão os próximos médicos, advogados, professores e políticos do amanhã.

O PME tem validade de dez anos e visa responder às necessidades educacionais, tendo em vista a melhoria na qualidade da educação em todo o sistema de ensino.
 
De acordo com a secretária de educação, Kátia Matheó, o fazer coletivo da construção do plano confirma o sentimento de pertencimento e a preocupação com o aparelho educacional. “Esse é o momento de debate, de análise e de sugestões para melhorar a educação. Iniciamos as discussões para a elaboração do PME em abril de 2014 e agora, estamos para fechar as futuras atividades do setor”, explica.

Pela manhã, o evento começou com a apresentação musical, seguiu com a formação da mesa com autoridades e finalizou com as apresentações dos trabalhos desenvolvidos pelas gerências da Seduc.

Segundo Rejane da Conceição, presidente do Conselho Municipal de Educação, a audiência pública é uma articulação produtiva entre os agentes que buscam a qualidade do ensino. “Este setor precisa de pessoas corajosas como essas, que vão levar a nossa voz para ser escutada na Bahia e em Brasília, sempre visando aperfeiçoar o aprendizado.”

O vereador Marcelino Borges (PT) também esteve presente na cerimônia. Ele comentou sobre a emoção de ter participado do grupo colaborativo da produção do plano. “Estou transbordando de felicidade. A educação é o pilar que sustenta a sociedade. Fui testemunha do esforço que vocês [profissionais da educação] tiveram para construir um PME”, ressalta Borges afirmando que o plano está com a cara do povo de SSP.

Ainda no turno matutino, uma palestra sobre a importância da construção do Plano Municipal de Educação foi ministrada pela coordenadora do Programa de Apoio à Educação Municipal (Proam), Luzinete Lyrio. 

Pela tarde, no Colégio Municipal Dr. João Paim, houve o debate das estratégias em relação às metas. Depois, no Centro Comunitário, uma plenária para socialização das modificações foi feita e teve votação para aprovação do documento. O mesmo passará por uma revisão e em seguida será encaminhado às escolas para apreciação. Após isto, o PME volta para Seduc e será realizado uma segunda revisão. Posteriormente, será enviado para o Conselho Municipal de Educação e para a Câmara de Vereadores.

Participaram também do evento o secretário de infraestrutura, Gilmar Pena, o de saúde, Vítor Lavinsky, o de assistência social, Luiz Alberto Silva, o diretor do Sistema Nacional de Emprego (SINE), Raimundo Monteiro, o vereador Fábio Argolo (PR) e a população civil.

Copyright 2022 © Todos os direitos reservados.